quarta-feira, 23 de junho de 2010

Sugestões para programa de governo de Flávio Dino podem ser encaminhadas em reunião e pela internet

Movimentos sociais que atuam em diversas esferas da sociedade são esperados para reunião a ser realizada nessa quarta-feira, 23, a partir das 14h, no Sindicato dos Bancários. Após uma tarde de reuniões, os grupos deverão apresentar um elaborar uma carta de sugestões para o programa de governo do pré-candidato ao governo do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Devem participar da atividade sindicatos de trabalhadores e movimentos sociais ligados à juventude, à mulher e aos negros, entre outros. A reunião é mais uma das atividades para a elaboração participativa do programa de governo da chapa encabeçada por Flávio Dino, que deverá ser registrado no início de julho.

A iniciativa de se fazer um programa de governo baseado em sugestões da própria população é inédita no estado e visa garantir, antes mesmo do início da campanha, a participação das camadas populares na construção do futuro governo.

Internet

Buscando democratizar ainda mais a participação dos maranhenses, a estratégia é disponibilizar também na Internet um espaço para sugestões. Esse canal de interação está disponível no site de Flávio Dino (www.flaviodino.com.br). Ao clicar no link “Plano 65 – Envie sua idéia”, o internauta é redirecionado para um espaço onde pode ler a carta de Flávio Dino para o povo do Maranhão e, ainda, deixar sua sugestão sobre um aspecto que ele queira ver priorizado no programa de governo.

Diversos internautas já encaminharam as suas sugestões. As mensagens são direcionadas ao próprio Flávio Dino e à coordenação da campanha, que as leva em consideração na montagem das propostas. “Reitero o convite para que todos participem com suas idéias e propostas”, convidou Flávio Dino.

As sugestões também estão sendo colhidas nas visitas que Flávio Dino e sua comitiva tem feito pelo interior do Maranhão. As reuniões, que até agora foram realizadas em 43 municípios diferentes, são espaços de discussão com as lideranças partidárias, os movimentos sociais e a população em geral.

Redação: Assessoria de Comunicação Flávio Dino

Nenhum comentário:

Postar um comentário