terça-feira, 25 de setembro de 2007

Meu partido sou eu...


Como é meu dever, aqui apresentando minha nova casa, meu novo partido, para, se o povo quiser e meu partido tambem, concorrer as eleições municipais no ano que vem. Onde, como já disse, defenderei aquilo que acredito, aquilo que julgo merecer minha atenção: a juventude e as minorias sociais, que, afinal, nem sao tao minoria assim.
Eu sou a minha bandeira, eu sou o meu partido, onde quer que eu esteja, de forma mais violenta ou mais pacifica, estarei defendendo aquilo que acredito. O partido é apenas um meio...
Eis que apresento-lhes o meu novo meio de militar, o Partido Socilista Brasileiro, que, por coincidencia, tem como lema o nome do meu antigo: "Socialismo e Liberdade". Puro deboche.
Fui levado a este partido por convite, lisongioso, dos vereadores Ciba e José Filho, de Coroatá, que prometeram uma vaga para disputar as eleições e defender as bandeiras que eu tenho direito.
Já era uma vontade minha estar ao lado do governo do Luis Mendes e após conversas com meu amigo particulau, colega de ONG e agora meu assessor, Osman Sales, disse SIM, e aqui estou.
De alma límpida, se eu tiver alma, é claro...

Nenhum comentário:

Postar um comentário