domingo, 11 de janeiro de 2009

Castelo deixa juventude fora da estrutura de governo

do blog de Assis Filho de Pio XII

21 Secretarias, 03 fundações e 06 institutos. Todas as áreas foram atendidas pelo novo prefeito de São Luís, quer dizer, quase todas. A Juventude, setor social que o ex - prefeito da capital, Tadeu Palácio, foi protagonista e criou uma coordenação, na época dirigida por Olímpio Araújo, fica no banco de espera da estrutura governamental de Castelo.

Dezenas de prefeitos no Maranhão inovam seus governos criando a pasta na sua estrutura de governo, em contrapartida, o prefeito de São Luis dá um passo atrás.

Historicamente atacado pela juventude nas suas campanhas politicas, em especial pelo movimento estudantil, quando estes o atacavam acusando - lhe de mandar bater nos estudantes na época que foi governador do estado, nessa campanha politico, muito pelo contrário, Castelo contou com o apoio de vários setores da juventude de São Luis, estudantes secundaristas, universitários, instituições, etc...

Mas parece que Castelo ainda guarda mágoas!

Representando 50,5 milhões de pessoas em todo o país, a juventude é 1/4 da população brasileira e, ainda assim há governantes que tratam os dados com indiferença.
É necessário uma conscientização dos prefeitos em todo o país, em especial no Maranhão, afim de que os novos gestores levem o assunto a sério e procurem executar um politica pública seria e eficaz.

Enquanto isso em Pio XII

Há dois anos com a promessa de criar a Secretaria de Juventude, o Prefeito Mundiquinho que contou com o apoio dos principais setores organizados da juventude anuncia sua mini - reforma administrativa e não dar sinais de que vai criar a pasta em seu governo. O Vereador Assis Filho, um dos grandes protagonistas da causa diz que vai cobrar o prefeito na Câmara de Vereadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário