quarta-feira, 4 de março de 2009

A festa de Sarney na terra de Murad

Uma onda de euforia invadiu o Maranhão na madrugada desta quinta feira (04) quando o Superior Tribunal cassou o mandato do Governador Jackson Lago (PDT), Coroatá, reduto eleitoral de Ricardo Murad, que agora é amigo de Sarney, não dormiu mais. Na mesma hora ensaiou-se uma passeata pelas ruas do centro da cidade, o que logo foi contido pela Polícia Militar.

Mas houvera a partir dali uma festa dos opositores de Luis da Amovelar e aliados de Ricardo Murad e Roseana Sarney. Muitos fogos até que amanhecesse o dia para que pudessem tomar as ruas com carros de sons tocando musicas de campanha da Teresa Murad, esposa do deputado.

Os aliados de Luis da Amovelar aquietaram-se na impossibilidade da cassação definitiva do mandato de Jackson Lago, o que compreenderá dois anos de atraso para o povo do Maranhão e para o povo de nossa Coroatá.

Aguardamos daqui o julgamento dos recursos da Frente de Libertação do Maranhão, com uma fagulha de esperança que não termos a democracia violada em nosso estado, mas esperanças são muito poucas, haja visto, casos anteriores.

São as primeiras conseqüências do poder que o presidente Lula concedeu ao Senador José Sarney ao entregar-lhe, como presente de ano novo, a presidência do Senado.

Resta nos agora esperar, como se diz por aqui, o andar da carruagem. E aos que não são desprovidos de fé como eu que rezem por todos nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário