terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Cejovem define ações do Pacto pela Juventude do Maranhão

Até o dia 15 de fevereiro será assinado o Pacto pela Juventude do Maranhão. O documento é uma proposição do Conselho Nacional de Juventude aos governos municipais, estaduais e federal para que estes se comprometam com políticas públicas de juventude. O anúncio foi feito pelo presidente do Conselho Estadual da Juventude (Cejovem), durante reunião dos membros do Conselho no dia 30, no Hotel Costa Atlântico, em São Luís.

A idéia é discutir a institucionalização da política de juventude no município. O governo do Estado se compromete em desenvolver algumas ações, entre elas, a criação de um Fundo Estadual da Juventude e monitorar a Política Estadual da Juventude. As prefeituras se comprometem em criar um Sistema Municipal da Juventude.

"Com esse protocolo de intenções acreditamos que vamos conseguir finalmente municipalizar a política da juventude", declarou o presidente do Cejovem. O protocolo está pronto, já foi discutido em audiência pública com entidades juvenis do Maranhão. "Estamos aqui discutindo as estratégias de assinatura que deve acontecer de maneira coletiva com a presença do governador Jackson Lago", esclareceu o presidente do Cejovem aos jornalistas durante a reunião.

Carnaval 2009 - Outro tema discutido na reunião foram as ações a serem realizadas pelo Blocão da Juventude, um trabalho preventivo realizado pela Secretaria de Estado da Juventude, em parceria com o Conselho Estadual da Juventude e apoio de vários órgãos estaduais (Saúde, Cultura, Cidades, Detran/MA) e municipais.

Antes e durante o carnaval será realizada a Blitz do Folião com a distribuição de folders informativos, contendo orientações específicas aos brincantes, para que não se excedam durante o período da festa. A campanha abordará cuidados para evitar acidentes de trânsito e outras violências praticadas pelo consumo indevido de bebidas alcoólicas; doenças sexualmente transmissíveis; gravidez indesejada e abusos contra turistas são algumas das situações que poderão ser evitadas.A novidade desse ano será a troca da latinha por camisinha. As ações serão realizas em São Luís e cidades do interior. Segundo o Conselheiro todas as latinhas recolhidas serão vendidas e o dinheiro será doado para uma instituição de São Luís.

Fonte: http://www.jornalpequeno.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário